16/07/2019

Spelling Contest

Realizou-se no passado dia nove de maio, no auditório da escola sede, a final do concurso de soletração “Spelling contest”, sob responsabilidade das docentes Carla Chaves, Cristina Martinho e Patrícia Silva.
A 1.ª fase decorreu em sala de aula, com o apuramento dos alunos que conseguiram melhores resultados para participarem na fase final.
Na competição, todos os alunos tiveram de soletrar palavras inglesas, aumentando o grau de dificuldade em cada ronda, resultando na seleção dos finalistas, dois alunos de cada uma das turmas de sétimo ano desta fase, que mostraram entusiasmo e empenho no decurso da atividade.
O aluno vencedor foi o Guilherme do sétimo C, tendo recebido como prémio um teclado sem fios.
Professoras e alunos envolvidos consideram esta atividade aliciante e divertida, uma abordagem nova na aprendizagem da língua inglesa.

12/07/2019

LXIV Encontro de Leitura | Amizade


No dia 21 de junho, não podíamos ter encerrado as atividades letivas melhor do que com o LXIV Encontro de Leitura, no Centro Social e Paroquial de  Mairos.
O tema Amizade veio lembrar o que desde muito cedo o Homem percebeu que somos seres sociais, pessoas que necessitam constantemente de compartilhar memórias, pensamentos, experiências, sentimentos e emoções, tornando-nos assim mais felizes.
Foi um Encontro de Leitura onde as crianças, ansiosas por demonstrar o que eram capazes de fazer e ler, transbordaram de alegria e excitação.
As partilhas pelos adultos foram sinal de experiência para os mais novos e os momentos de humor lembraram-nos muitas emoções atuais.
Terminamos esta reflexão a agradecer a todos os que contribuíram para que este evento se realizasse, aos pais/encarregados de educação, pároco da freguesia e senhores professores, pelos momentos de partilha e o complemento delicioso que acompanhou o serão. Bem–hajam e até para o ano.
Continuação de boas leituras… e boas férias!


O que contam as nossas histórias...

No âmbito do Projeto aLeR+2027 e partindo da iniciativa de duas Assistentes Operacionais foi planificada a atividade Recolha de histórias, reais ou fictícias, para a elaboração de um livro, junto do pessoal não docente.
Apesar dos constrangimentos sentidos, pouca disponibilidade por parte das pessoas no levantamento e recolha das histórias, ainda conseguiram reunir material para a elaboração de um pequeno livro impresso.

No seu entender, a atividade é para continuar, dado que houve adesão de alguns assistentes operacionais, deixando aqui o desafio para o próximo ano letivo. 
Obrigada a todos pelo vosso empenhamento e participação!

Desafios de escrita!



Respondendo aos Desafios de Escrita, lançados pelo Projeto aLeR+2027, um grupo de alunos decidiu  escrever alguns textos que contemplassem os vários itens sugeridos. Foram menos do que esperávamos, mas merecem a nossa atenção e carinho.
As suas produções ficaram registados num livro impresso, que pode ser consultado na Biblioteca Escolar da EBSCT. Parabéns e obrigada pelo vosso entusiasmo!

02/07/2019

Visita à exposição O Brinquedo Português


No dia 18 de junho e, aproveitando a saída da escola, as turmas A e B do 1.ºano de escolaridade da EBSCT, visitaram a exposição “O Brinquedo Português”, na Biblioteca Municipal de Chaves.
Esta colecção do professor flaviense Rui Queirós, que reúne mais de 800 brinquedos feitos a partir da madeira e da lata e que remontam ao início do séc. XX, também já teve o privilégio de estar na nossa escola, por duas vezes.
A visita foi orientada pelo autor, segundo o qual o “bichinho” do colecionismo começou em criança, quando com o pai iniciou uma coleção de selos e cromos. Mais tarde, começou a sua paixão pelo brinquedo português. Os primeiros brinquedos que coleccionou foram brinquedos de madeira, ciclistas e aviões. Era na Feira dos Santos que os pais compravam os brinquedos aos filhos, mas só se estes se portassem bem. Para as meninas compravam cozinhas, bancas e bonecas, para os rapazes carrinhos e outros brinquedos, que achavam ser indicados para eles. Verificámos um brilhozinho nos olhos dos nossos alunos ao poder apreciar todas estas maravilhas do antigamente. O tempo foi curto, mas alguns ficaram com vontade de levar os pais.
Obrigada ao Professor Queirós por este momento agradável. 



Apresentação do livro de Pedro Seromenho | O Sr. Ribeiro e o Guarda-Rios


Com o intuito de promover o livro e a leitura, no passado dia 18 de junho, às 10h30, as turmas A e B do 1.ºano de escolaridades da EBSCT deslocaram-se ao  Museu de Arte Contemporânea Nadir Afonso, para assistir a uma hora do conto especial com o escritor Pedro Seromenho e o  ilustrador Sebastião Peixoto.
Esta atividade foi organizada pela empresa Águas do Norte, que resultou de uma candidatura prévia para a elaboração e produção de um livro e de uma aplicação (app) para telemóvel ou Tablet, em parceria com o grupo de trabalho das Bibliotecas Municipais do Alto Tâmega (RIBAT).
Cerca de 100 crianças ouviram atentamente, na voz do autor, a história do "Senhor Ribeiro e o Guarda-rios” que, como sempre, encantou os presentes. Este livro espelha muito bem as problemáticas ambientais, especialmente para a poupança da água. No final os alunos presentes receberam um livro autografado pelo autor, seguido de um momento muito marcante de leitura autónoma ainda dentro da sala.

Obrigada a todos que de alguma forma contribuíram e proporcionaram esta atividade tão enriquecedora e interessante.

Ler na Cadeira do Rei | Gostei porque li...

Oitenta e quatro foram os livros lidos pelos alunos do 2.º ano de escolaridade, ao longo deste ano letivo na Cadeira do Rei, e que proporcionaram momentos de interação literária, reflexão, análise, síntese e partilha de ideias e de saberes numa perspetiva de incentivo e promoção da leitura e da comunicação oral.
Esta atividade tem a sua extensão e complementaridade numa outra, cujo objetivo fundamental se centra no domínio da competência da escrita: Gostei porque li...
Nesta atividade os alunos são estimulados a exercitar a suas capacidades de análise e de síntese do texto lido, recriando a história através das suas conclusões e formulação de ideias. Posteriormente são convidados a escrever no computador da BE, durante os intervalos, as sinopses  por eles elaboradas.
Estão de parabéns todos quantos leram e aos familiares que ajudaram suportar o nervosismo de se expor em público.
Gostaríamos de deixar aqui um excerto de uma apreciação efetuada por uma mãe/encarregada de educação sobre a atividade...


             ...Não há outro sentimento que possa descrever melhor a reação da  
             minha filha que não EUFORIA. Era tanta alegria em contar como 
             foi a reação dos amigos. 
             Ela agora o que deseja é ter novas oportunidades de apresentar-se.
 "- Mãe! Você não acredita, eu me senti ótima, todo mundo estava concentrado e gostando".

Os trabalhos poderão ser consultados na Biblioteca Escolar, em suporte de papel, ou em formato digital aqui.

26/06/2019

Os meus disparates preferidos...


Crescer é ouvir, crescer é ler, mas crescer também pode ser fazer alguns disparates.
Saltar na cama dos pais, fazer cocó no banho, sair à rua todo nu, fazer chichi na barriga da mãe, são alguns disparates que fazem sentido, mas?! No reino animal.
Este livro, Os Meus Disparates Preferidos, de Agnès De Lestrade, cheio de humor e lido às crianças do pré-escolar deu origem a um trabalho, também ele cheio de humor, pois recompila, em desenhos, os “disparates” que cada criança quis ilustrar e partilhar.  
Juntámo-los num livro que fica agora disponível na Biblioteca Escolar para quem quiser ler e divertir-se.
Parabéns a todos pela vosso trabalho!

24/06/2019

Articulação com o Projeto Ilídio Pinho

No âmbito da participação da escola no Projeto Ilídio Pinho e tendo em conta a sua vertente multidisciplinar de partilha do conhecimento e cultura científica, realizaram-se na BE quatro sessões de leitura, em articulação com este projeto, para as turmas do pré-escolar.
Para estas turmas, foi lida a história A Cigarra e da Formiga,  de Luísa Ducla Soares, por se considerar que ia ao encontro da Atividade sobre os seres vivos - Explorando os animais e para a qual as crianças deveriam recolher informação e ficar a conhecer um pouco melhor as características das formigas e o seu modo de vida.
A história era apelativa e proporcionou momentos de interatividade, porquanto esta adaptação de Luísa Ducla Soares suscitava a antecipação de um final diferente para a história tradicional.
Parabéns a todos que demonstraram ser uns excelentes ouvintes e apreciadores de histórias.

Fórum da apresentação | Trabalhos do Referencial Aprender com a BE


A realização dos trabalhos de pesquisa, tendo como suporte o Referencial Aprender com a Biblioteca Escolar, e a sua apresentação aos colegas de outras turmas, consubstancia importantes e imprescindíveis espaços educativos e integradores de diversas literacias.
Foi nesta perspetiva que, no passado dia 13 de junho, as turmas do 3.º A e a turma do 4.º E apresentaram o produto final dos seus trabalhos sobre as Energias, trabalhos estes que vão ao encontro dos pressupostos de inclusão no programa Eco-Escolas.
Foi um espaço interessantíssimo de debate e partilha de experiências e saberes.
Para os restantes trabalhos realizados neste âmbito  não houve oportunidade de concretizar esta partilha, no entanto foram lidos e explorados em sala de aula.
Para quem pretender verificar o excelente trabalho que todas as turmas de 3.ºano e 4.º ano de escolaridade da EBSCT realizaram poderão clicar aqui.


Oficina de escrita

Vamos “cozinhar” uma história?
Foi o desafio lançado aos alunos da turma D,  do 2.º ano de escolaridade da EBSCT.
Partindo de imagens retiradas dos bolsos de um avental, os alunos foram convidados a “cozinhar” uma história fazendo o melhor aproveitamento dos “ingredientes” disponíveis: um castelo, um lobo, um planeta encantado, uma sereia, entre outros.
A imaginação e a criatividade, bem como a utilização da escrita como forma de comunicar, deram aos alunos outros instrumentos que lhes permitiram criar histórias que todos gostámos de ouvir.
Parabéns pelo vosso empenho!


Fóruns de leitura

Queres ver o livro que mais gostei de ler este ano?
Foi este o mote para dois interessantes fóruns de leitura, realizados na Biblioteca Escolar com os alunos do 1.º ano de escolaridade e que, simultaneamente, serviu para encerrar a atividade “Oiço…comunico…aprendo…” levada a cabo, ao longo do ano letivo, com as quatro turmas.
Com muita determinação, autonomia e demonstrando excelentes capacidades de comunicação e de síntese, os alunos apresentaram os livros aos seus colegas e leram entusiasticamente, para eles, excertos da sua eleição.
Estão de parabéns porque demonstraram e defenderam muito bem os seus interesses e preferências.



17/06/2019

LXIV Encontro de Leitura


Leituras com Sílvia Alves


Coisas de Mãe e A Feiticeira do Bosque e o Professor de Botânica, entre outros, são alguns dos títulos presentes na nossa Biblioteca Escolar da autoria da escritora flaviense Sílvia Alves, que no passado dia 7 de junho nos honrou com a sua presença na Biblioteca Escolar da EBSCT.
Este encontro, proporcionado e  facilitado pela mãe de uma aluna do 3.º C e direccionado para todos os alunos do 3.º ano de escolaridade, configurou um excelente momento de abertura da escola à comunidade, numa iniciativa intimamente ligada ao Projeto aLeR+2027 que preconiza a promoção da leitura e da escrita.
Foi uma sessão muito interessante e participada, uma vez que  a escritora apresentou uma selecção criteriosa de obras suas e de outros autores, que muito cativaram todos os participantes, pois Sílvia Alves, além de escritora, é também uma excelente contadora de histórias.
Obrigada às duas por nos brindarem com este belo momento!

14/06/2019

Desafios do Bom Português

Os desafios do Bom Português decorreram semanalmente, desde o início do ano letivo, na BE da Nadir Afonso com uma adesão bastante boa, imprimindo uma maior dinâmica à nossa BE.

Os alunos envolveram-se nestes desafios semanais autonomamente, nos seus tempos livres e, ao longo do ano, registou-se a participação de 143 alunos com respostas corretas (73 de 5.º ano e 70 de 6.º ano) de 13 turmas do 2.º ciclo  (seis de 5.º ano e sete de 6.º ano). 

Salienta-se que nem todos os alunos participaram na totalidade dos desafios e houve participantes que não registaram nenhuma resposta correta.

Agora, chegado o momento de apurar os alunos que tiveram o maior número de respostas corretas, as grandes vencedoras foram:

   

   1.º Prémio - Joana Casas – 6.º C (23 respostas)
   2.º Prémio - Carolina Machado – 6.º C (22 Respostas)
   3.º Prémio - Diana Ascenção – 5.º B (21 Respostas)





Parabéns a todos os alunos que aceitaram estes desafios, que levaram à reflexão sobre a Língua Portuguesa, e tentaram superar as suas dúvidas e afirmar os seus conhecimentos, na esperança de aperfeiçoar e melhorar o seu desempenho.


10/06/2019

Com o Tour Builder - conhecer antes de visitar para melhor aproveitar

Na aula de Cidadania e Desenvolvimento, os alunos do 5.ºD, sob orientação da professora Isabel Lima, fizeram o levantamento dos locais a conhecer durante a visita de estudo a realizar no final de maio.
Numa primeira fase do trabalho, a turma foi dividida em grupos e a cada um foram distribuídas tarefas: recolher informações sobre um determinado local a visitar. Os alunos deslocaram-se à biblioteca escolar e, com o auxílio da equipa da BE, compilaram e trataram a informação relacionada com o tema, selecionando e redigindo o texto com os conhecimentos relevantes. Utilizaram para o efeito um documento na Drive, onde foi reunida toda a informação pertinente relativa aos vários sítios/ monumentos a conhecer durante a visita.
Posteriormente, recorrendo à ferramenta Google Tour Builder, os alunos criaram um “tour”, uma viagem virtual. Para o efeito, adicionaram os textos construídos e usaram imagens do Google Earth, construindo assim o itinerário por onde iriam passar.





Este trabalho de articulação entre a diretora de turma e a biblioteca escolar pretende levar os alunos a conhecer antecipadamente o trajeto da viagem e os locais a visitar, para um maior aproveitamento pedagógico da visita, na medida em que poderão, in loco, solicitar explicações e esclarecimentos mais aprofundados sobre matérias sobre as quais já tinham tido oportunidade de retirar informações e refletir sobre elas e, deste modo, poder satisfazer a sua curiosidade sobre questões que não ficaram claras e aumentar, assim, os seus conhecimentos.



05/06/2019

Conta-nos uma História!

Foi divulgada a lista das histórias vencedoras do concurso "Conta-nos uma história" - 10.ª edição, produzidas por crianças da Educação Pré-Escolar e por alunos do 1.º ciclo do Ensino Básico.
As 315 histórias submetidas, nas modalidades áudio e vídeo, foram apreciadas por um júri presidido pela Professora Doutora Ana Amélia Carvalho, da Universidade de Coimbra, e constituído por elementos da Direção-Geral da Educação (DGE), do Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares (RBE), do Plano Nacional de Leitura (PNL), da Associação Nacional de Professores de Inglês (APPI), da Microsoft e da Rádio ZigZag.
O nosso Agrupamento concorreu na categoria áudio  3.º e 4.º anos de escolaridade, em Português e em Inglês, apresentando no total 11 trabalhos.
Parabéns a todos os nossos alunos, professores titulares de turma e professoras de inglês,  pela participação e empenho na preparação das histórias.
Os trabalhos apresentados podem ser ouvidos aqui

04/06/2019

Articulação entre ciclos | Viagens ao Passado


Realizou-se no dia 30 de maio, no polivalente da EBSCT, mais uma sessão do projeto Viagens ao Passado, subordinada ao tema Igreja de Santa Maria Maior – Diversidade de estilos arquitectónicos, organizada pelos alunos do 8.ºG, sob a orientação do professor Luís Carvalho e destinada a todos os alunos do 3.º e 4.º anos de escolaridade.
Na opinião dos alunos, a aula foi muito interessante porque permitiu contactar com vocábulos específicos ligados à arte e à arquitetura. Uma vez mais, o estudo de ícones da nossa história local relacionou-se  com os conteúdos curriculares O passado do meio local, revelando-se uma mais valia para  pesquisar sobre o passado de uma instituição local (instituições religiosas) e recorrer a fontes orais e documentais para a reconstituição do passado da instituição.
Um agradecimento especial a todos os alunos que trabalharam este tema e aos senhores professores que colaboraram para que esta atividade se pudesse realizar.
Obrigada a todos.

Dia do Autor Português

O Dia do Autor Português comemora-se anualmente a 22 de maio.
Neste dia todos os autores portugueses nas diferentes áreas artísticas estão de parabéns.
Foi com o propósito de homenagear o autor português e de destacar a sua importância que a biblioteca escolar da Escola Nadir Afonso assinalou este dia com o desenvolvimento de duas atividades.
A primeira trabalhou duas áreas do referencial, a Literacia da Informação e dos Media. Os alunos do 6.º A, divididos em grupo de 2, fizeram uma pesquisa sobre um autor português à sua escolha, dando a conhecer a sua biografia e um excerto da sua obra, prosa ou poesia.
O processo decorreu em várias etapas, contando a colaboração do Prof. Sérgio Queirós e da Prof.ª Fernanda Gonçalves.
No final, recorrendo à ferramenta digital Padlet, foi criado um mural onde os grupos registaram, organizaram e publicaram o resultado do seu trabalho.


A segunda promoveu e incentivou à leitura, além de recordar os grandes clássicos portugueses ou dar conhecer novos autores.

Os alunos do 5.º D, acompanhados pela Prof.ª Isabel Lima e pelo Prof. Armando Santos, escolheram um livro de um autor português que estava num baú e partilharam leituras com os seus colegas, gerando momentos de interação de histórias/poemas interessantes, motivadoras e apelativas.



30/05/2019

XLIII Encontro de Leitura | 3.ª Paragem de Leitura Todos aLer+2027


No dia 25 de maio, de cada ano, comemora-se o "Dia Internacional das Crianças Desaparecidas”. 
O propósito da data é encorajar a população e a comunicação social a reflectir sobre todas as crianças que foram dadas como desaparecidas na Europa e no Mundo, e espalhar uma mensagem de esperança e solidariedade a nível internacional para com os pais e famílias que vivem este problema…Pretende-se que este dia seja lembrado em todos os lares de todos os países em que seja necessária esperança para enfrentar este problema tão devastador (IAC- Instituto de Apoio à Criança).
Foi com este propósitos que se realizou a 3.ª Paragem de leitura Todos aLer+2027.


Encontro de Leitura

E,  neste âmbito, foi escolhido o tema do LXIII Encontro de Leitura “Sonho de Menino”, realizado na EB de Bustelo, no dia 24 de maio, às 21 horas.
Abraçada esta causa, com muito amor e carinho, os alunos da escola elaboraram os seus próprios textos, onde expuseram os seus pensamentos  e os seus sonhos.
Ainda, durante o serão,  foram lidos poemas e textos de vários autores e relatos de vida, por diferentes  leitores. E como vem sendo hábitos, marcaram presença os Jogralitos com duas dramatizações.
A mensagem de Malala lida pela professora titular de turma, na abertura do encontro,  foi tão  importante que fica aqui a sua transcrição:

Aqui estou eu…uma rapariga entre muitas
Falo - não só por mim, mas também por todas as raparigas e rapazes
Ergo a minha voz – não apenas para poder gritar, mas também por aqueles cuja voz não pode ser ouvida
Aqueles que lutaram  pelos seus direitos:
O seu direito de viver em paz
O seu direito de ser tratados com dignidade
O seu direito à igualdade de oportunidades
O seu direito à educação.
Uma criança, um professor, uma caneta e um livro podem mudar o mundo.
(In Malala’s speech at UN)

Obrigada  por partilharem connosco todas estas belas mensagens, por contribuírem para a reflexão sobre os problemas das crianças e espalhar uma mensagem de esperança e solidariedade.
Um bem-haja a todos!



08/05/2019

As plantas na épica e lírica camoniana


No dia 30 de abril, no último bloco da manhã, realizou-se na escola Júlio Martins uma palestra sobre “As plantas na épica e lírica camoniana”, pelo Dr. Jorge Paiva, biólogo da Universidade de Coimbra.
Esta ação, organizada pelo GTBEC, foi destinada a todos os alunos do 10.º ano e realizada em colaboração com os docentes da área de Biologia, enquadrando-se nos programas curriculares de Biologia e de Português.
Perante um auditório repleto, o orador conduziu, através das plantas, alunos e professores pela obra poética de Camões. Baseando-se nos seus conhecimentos, nas suas viagens de investigação e na biografia do autor, o Dr. Jorge Paiva situou vários excertos da obra camoniana, de acordo com as plantas referidas, no Baixo Mondego, no Tejo ou na Ásia. Ilustrando o seu discurso com as imagens das várias espécies mencionadas, as palestras foram ainda enriquecidas com a mostra de sementes, sempre num registo muito bem-disposto e irónico, conquistando as risadas dos presentes.No final, o Dr. Jorge informou que a sua mais relevante ação de caráter cívico se prende com o que diz ser o maior dos problemas do nosso planeta: a educação para a importância da biodiversidade. Alertou e sensibilizou os jovens para o seu papel neste âmbito e para a necessidade de serem cidadãos críticos face aos media, pois os problemas ambientais são gravíssimos e afetam já o futuro desta geração.
A avaliação, por parte de quem assistiu, foi excelente pois esta ação permitiu encontrar outros sentidos no mundo repleto de plantas que é a obra camoniana. Certamente, agora, todos estão mais capacitados para analisar, de forma diferente, a obra poética de Camões após a reflexão suscitada pela palestra.
O nosso agradecimento ao Dr. Jorge Paiva pela sua disponibilidade em deslocar-se à nossa escola para partilhar os seus conhecimentos e por toda a sua ação no âmbito da atividade cívica, cultural e ambiental.

03/05/2019

Dia Mundial da Higiene das Mãos


O simples e rápido ato de lavar as mãos com sabão impede em 40% a incidência de infeções que são facilmente transmitidas a outras pessoas.
Além de prevenir e atenuar as infeções, o hábito de lavar as mãos com sabão fomenta a segurança e higiene de todas as pessoas com as quais se convive no dia-a-dia.
Uma correta lavagem de mãos é feita com sabonete, deve abranger as diversas zonas das mãos e ter a duração de um minuto.
Foram estas as indicações e conselhos veiculados aos alunos da Turma B, do 1.º ano da EBSCT, pela Equipa de Enfermagem da UCC Chaves 1 – ACES Alto Tâmega e Barroso, no passado dia 30 de abril,  na Biblioteca Escolar.
Obrigada a todos pelo vosso empenho e colaboração.



30/04/2019

Concurso Nacional de Leitura- Fase Intermunicipal

No dia 24 de abril, a Biblioteca Municipal de Boticas, em parceria com o Agrupamento de Escolas Gomes Monteiro, organizou a Fase Intermunicipal da 13.ª edição do Concurso Nacional de Leitura (CNL) - integrada no PNL 2027.
Os concorrentes, representantes dos seis municípios do Alto Tâmega, realizaram, durante a manhã, a prova escrita sobre a obra selecionada para cada nível de ensino. Os cinco melhor classificados da prova escrita, fizeram a prova oral,  que consistiu na resposta a uma questão e a leitura de um poema, escolhidos aleatoriamente. Foram, assim, apurados os 2 alunos, por cada nível de ensino que representarão a Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega, na grande final nacional, que acontecerá no próximo dia 25 de maio, em Braga.
O nosso Agrupamento esteve representado por duas alunas do 1.º Ciclo: Matilde Chaves Salgado, do 3.ºB e Maria Guedes Ledo, do 4.ºE.
Estamos muito orgulhosos da sua prestação, tendo a Maria Ledo sido selecionada para a fase final do 1.º Ciclo. A aluna fez uma boa prova, muito calma e com leitura expressiva, não tendo no entanto sido suficiente para passar à fase final.

Ao júri coube a difícil tarefa de fazer o apuramento dos dois vencedores de cada ciclo para competirem na Fase Nacional.


Um agradecimento especial aos organizadores do evento, pela forma como o dinamizaram e receberam todos os intervenientes.




Parabéns a todos os participantes! 




14/04/2019

SEMANA DA LEITURA 2019 | Encerramento da Semana da Leitura



Para encerrar as atividades da Semana da Leitura decorreu, no polivalente da Escola Básica de Santa Cruz/Trindade, o Desfile de Personagens que, como vem sendo habito, ao longo dos vários anos, tem como protagonistas os alunos do 3.º e 4.º anos de escolaridade, que desfilam para os restantes colegas da escola.

Estes alunos presentearam-nos com 43 personagens, muitas delas em grupo, pertencentes a uma só história lida, condição para poder desfilar. 
Estão de parabéns pela disponibilidade as famílias em colaborar com os adereços e os alunos que se mostraram muito empenhados em apresentar os seus personagens favoritos.
Parabéns a todos e obrigada!





Para a consciencialização do tema, Hoje leitor, amanhã leitor, houve a colaboração de um grupo de mães que encenou a história A menina que detestava livros, de Manjusha Pawagi.

A história foi escolhida porque sabemos que os pais quando são leitores entusiastas, estes são influenciadores nos hábitos de leitura dos filhos.

Durante a apresentação, os alunos mantiveram-se atentos e reinou o silêncio a ponto de, no final, estarem à espera de mais…
Esperamos que esta encenação, criada com muito amor e carinho pelas mães, dê o seu fruto e faça com que algo verdadeiramente espantoso aconteça com aqueles alunos que ainda não sentiram o clic de começar a gostar de livros e a ler, a ler, a ler...

Obrigada pela vossa disponibilidade e colaboração. 






Durante a festa, fez-se a cerimónia de entrega dos diplomas e uma pequena oferta aos alunos que mais livros requisitaram no 2.º Período.

Parabéns a todos os leitores!

SEMANA DA LEITURA 2019| Livros em palco na Semana da Leitura na Escola Nadir Afonso


 
Para encerrar a Semana da Leitura na Escola Nadir Afonso, os alunos das turmas A, F e G do 6.º ano presentearam os seus colegas de escola com quatro dramatizações.

A apresentação teve lugar na sexta-feira, ao final da manhã, perante uma assistência de alunos e docentes e não docentes da escola

A turma do 6.º A, sob orientação da professora Fernanda Gonçalves, encenou “O Príncipe Nabo”, de Ilse Losa; o 6,º F, com a professora Cristina Freitas, dramatizou um excerto da obra “A Nau Catrineta” de Almeida Garrett; o 6.ºG, orientado pela professora Beatriz Martins, apresentou uma peça baseada no livro “As Naus de Verde Pinho” de Manuel Alegre e, por último, três alunos do 6.º F apresentaram um teatro de fantoches intitulado “Cágado e a Raposa” adaptado da obra “Contos e Lendas de Portugal e do Mundo” de João Pedro Mésseder.


Para abrilhantar todo este espetáculo, contamos com a presença do coro da Escola Nadir Afonso, orientado pela professora Conceição Capela, que nos apresentou canções que foram ao encontro das dramatizações anteriores, e assistimos à dança da Primavera da turma do 5.º C, ensaiada pela professora Fernanda Gonçalves.



O nossos parabéns por esta atividade tão enriquecedora para todos, que transformou este encerramento da Semana da Leitura desta escola numa festa!