22/05/2017

3.ª Paragem Todos a LeR+

  A família foi o tema escolhido para a terceira e última Paragem de Leitura deste ano letivo, no nosso Agrupamento.
Às catorze horas e quinze minutos, do passado dia 15 de maio, alunos, professores e assistentes operacionais pararam para ler textos da coletânea disponibilizada pela BE ou outros de sua eleição.

Desses momentos e da participação das várias turmas e escolas do Agrupamento, fica o registo fotográfico.

16/05/2017

Roteiro literário em Chaves

No dia 5 de maio, pelas 9 horas e 15 minutos, por entre raios de sol envergonhados, saiu um grupo de alunos (7.º B, 8.º C, 8.ºD e 2.ºA) da Escola Secundária Dr. Júlio Martins, orientados pelos seus professores Aurora Andrade, Beatriz Santos, Cidália Pires, Dulce Salgueiro e Luís Carvalho rumo aos locais mais emblemáticos e inspiradores da Princesa do Tâmega, levando a cabo um roteiro literário.
Os alunos com trajes de época leram e dramatizaram textos de escritores portugueses e espanhóis, alusivos a locais emblemáticos da cidade, nomeadamente, o Jardim Público, a Ponte Romana, o Largo do Arrabalde, a Rua Direita com as suas varandas típicas, a Igreja Matriz e, por fim,  a Torre de Menagem. A par desta leitura, o professor Luís Carvalho. surpreendeu-nos  “in loco”  com uma agradável lição de História. Também foi envolvida na atividade a opção de Teatro, lecionada pelo professor Sérgio Machado.


Para mais tarde recordar, houve a colaboração dos discentes do 2.º A, curso profissional técnico de multimédia (CPTM), que se disponibilizaram a filmar esta atividade, possibilitando a sua visibilidade por toda a comunidade escolar.

Foi uma atividade muito interessante e enriquecedora para as turmas envolvidas, mas merecedora de ser replicada a outras.

11/05/2017

Encontro de escritores do projeto “Ponte Escrita"

À semelhança do ano letivo anterior, o Agrupamento de Escolas Dr. Júlio Martins recebeu, no dia 28 de abril, vários escritores dirigidos a todos os ciclos de ensino do agrupamento, no âmbito da 2.ª edição do projeto “Ponte Escrita”.
Maria de Lourdes Soares esteve na Escola Básica de Santa Cruz Trindade em contacto com as crianças do pré-escolar e os alunos das turmas de 1.º e 2.º anos de escolaridade. Foram expostos os trabalhos efetuados a partir da leitura em sala de aula. Foram lidos vários dos seus livros da coleção Mãos Verdes, que muito encantaram os alunos e professores.
António Mota foi recebido na Escola Básica Nadir Afonso pelos alunos dos 5.º e 6.º anos, divididos em duas sessões. Este encontro decorreu à volta das leituras efetuadas tendo havido, ainda, a oportunidade para a colocação de questões e a oferta de uma tee-shirt ao escritor.
Fran Alonso visitou a Escola Secundária Dr. Júlio Martins e foi acolhido pelos alunos de Espanhol do secundário. Foi uma sessão de poesia encantadora, acompanhada de música e de outras surpresas trazidas na mala do escritor. No final, o autor presenteou a biblioteca da escola com algumas da suas obras, o que muito agradecemos.
André Gago também esteve na Escola Secundária Dr. Júlio Martins, à tarde, e dinamizou uma sessão para os alunos do 8.º ano. O facto de ser, também, ator suscitou grande interesse junto dos discentes que quiseram conhecer as suas preferências e opiniões   sobre variados assuntos.
Filipe Lopes e Richard Câmara estiveram no Estabelecimento Prisional de Chaves, numa sessão com os reclusos, formandos dos cursos EFA. Revelou-se uma atividade muito interessante, pois baseou-se  no projeto de inclusão social A Poesia não tem grades, iniciativa coordenada por Filipe Lopes e apoiada pelo Grupo O Contador de Histórias.

Partilha de leituras do conto "La Curva"

A partir de " La Curva”, de Fernando Ruiz Pérez, decorreu uma sessão de leituras partilhadas em Espanhol, na biblioteca da Escola Júlio Martins.
À semelhança do que aconteceu no 2.º período, agora foi a vez dos alunos do 7.º A, orientados pela professora Celina Cardoso, retribuírem as leituras à turma do 9.º A da professora Isabel Brás. Os alunos mais novos já apresentam um nível de proficiência leitora, em Espanhol, muito bom e a leitura em voz alta, em público, é fundamental para o aperfeiçoamento  e melhoria.
A atividade teve lugar no dia 27 de abril e estimulou a vontade de ler este conto, sobretudo pelo suspense que provocou junto de todos os ouvintes.
 


 
 
Os nossos parabéns aos alunos e professoras envolvidos.


 
 

09/05/2017

Prova Intermunicipal do CNL - aluna do AEJM vencedora do 3.º Ciclo

No dia 27 de abril, a Biblioteca Municipal de Boticas, em parceria com o Agrupamento de Escolas Gomes Monteiro, organizou a Prova Intermunicipal da 11.ª edição do Concurso Nacional de Leitura (CNL), pela primeira vez com caráter intermunicipal e não distrital, como aconteceu nas edições anteriores.
Esta 2.ª fase do concurso reuniu os melhores leitores das escolas dos concelhos de Boticas, Chaves, Montalegre, Ribeira de Pena, Valpaços e Vila Pouca de Aguiar.
Os cerca de 60 concorrentes do ensino básico e secundário realizaram uma prova escrita sobre as duas obras a concurso para cada escalão. Os cinco melhor classificados da prova escrita, realizaram uma prova oral aberta ao público, no Auditório Municipal.
Também este ano, o nosso agrupamento esteve muito bem representado pelos 6 alunos vencedores da fase escolas: Ana Amarante, Ana Coelho e Laura Costa, pelo 3.º ciclo, e Margarida Bragança, Margarida Oliveira e João Silva, pelo ensino secundário.

 
Foi com muito orgulho e nervosismo que os concorrentes e professoras do AEJM presentes neste evento assistiram às provas orais, tão exigentes, da Ana Amarante (9.ºA) e do João Silva (11.ºD), ambos finalistas desta fase.
Estiveram ambos excelentes e demonstraram que quem lê está preparado para enfrentar e vencer grandes desafios.
Mas a Ana Amarante, pela sua prestação no conjunto das provas escrita e orais, conquistou o primeiro lugar, sendo a grande vencedora do concurso na categoria de 3.º Ciclo. Será ela a representante da escola e da comunidade intermunicipal na Fase Nacional do Concurso Nacional de Leitura!

Parabéns a todos os participantes!

 
 
 

XLVIII Encontro de Leitura

Citando a sinopse da obra “Heróis da História de Portugal como nunca foram contados” de Pedro Marta Santos, “O que é um Herói? (…) Num tempo de descrença e pessimismo, sabe bem recordar os Heróis da nossa História. Sabe bem ler a história de homens e mulheres que foram um exemplo de coragem física, de abnegação, ou de construção de imaginário, de desenvolvimento científico, de mudança de costumes, de firmeza moral, de coerência política.”
 
Foi o que aconteceu no XLVIII Encontro de Leitura, na Escola Nadir Afonso, no dia 24 de abril.
Partindo das seleções de alunos, pais e professores, conhecemos e/ ou lembrámos tantos heróis com que nos encontramos em tantas situações da nossa História ou das nossas histórias de vida: nos livros, no cinema, na música, na televisão, na rua, na escola, em casa, … As leituras foram alternadas com algumas músicas cantadas e tocadas pelo grupo “Encontro”.





 
O nosso agradecimento a todos os que se envolveram neste encontro e nos mostraram heróis que contribuíram/ contribuem para melhorar o nosso mundo.

O próximo Encontro de Leitura será no dia 26 de maio, na EB de Bustelo, sob o tema “Mistérios”.


08/05/2017

Partilhar histórias de vida no Flavicórdia Resort Sénior

Nada melhor que uma saída das equipas do projeto Ler + Jovem para iniciar da melhor maneira o 3.º período.
No dia 19 de abril quem nos recebeu foi o Flavicórdia Resort Sénior e tivemos a honra de ser acompanhados nesta atividade pela nossa coordenadora interconcelhia da RBE, Dr.ª Maritza Dias, que nos tem dado um apoio inestimável neste projeto.

À hora combinada, iniciou-se a sessão com música acompanhada à guitarra, que os alunos escolheram, incentivando os utentes a acompanharem-nos, cantando e batendo palmas. Seguiu-se um momento de leituras, como ponto de partida para a interação que previa o diálogo entre as duas gerações, para recolha de testemunhos acerca dos tempos passados e do modo como os menos jovens veem e apreendem a adolescência e os tempos atuais.

Os nossos alunos acercaram-se dos utentes que se mostraram recetivos a responder às suas questões e conversaram com eles, registando as suas histórias de vida e as suas opiniões, num ambiente descontraído de partilha e de convívio intergeracional. 
 

 
No final, o nosso agradecimento pela simpatia e acolhimento e a promessa de regressar com as conversas transformadas em livro, para mais tarde recordar.



Poesia para todos

Poema "Amor é um fogo que arde sem se ver" de Luís Vaz de Camões, dito pela aluna Mariana Santos, da turma D do 11.º ano.