20/06/2013

Campanha de recolha de manuais escolares

 Aos alunos que entregarem manuais, as bibliotecas escolares garantem prioridade na receção dos manuais de que vão necessitar no próximo ano letivo, desde que os mesmos estejam disponíveis.


16/06/2013

3ªParagem-Todos a LeR+


No dia 11 de junho, pelas 14.15h realizou-se nas escolas de 1º ciclo e jardins-de-infância, a 3ª Paragem de Leitura - Todos a LeR+, sob a temática “A criança”. Alunos, professores e funcionários pararam as suas atividades para ler durante 15 minutos.
À semelhança de outras paragens, as educadoras e professores selecionaram as leituras, tendo a Biblioteca Escolar enviado via e-mail uma coletânea de poemas para quem desejasse ler.
Registámos alguns momentos na Escola Básica Sta Trindade…





... e na Escola Básica de Santo Estevão






Projeto SOBE- Saúde Oral e Bibliotecas Escolares


Dando continuidade ao Projeto SOBE, entre os dias 3 e 7 de junho, realizaram-se na Biblioteca Escolar da EBSCT, aulas temáticas de sensibilização sobre Saúde Oral, para todas as turmas da escola, pelas enfermeiras Clara Sèvegrand e Carla Santos, envolvendo aproximadamente 468 alunos.
A partir do visionamento do filme "A lenda do reino dos dentes", as enfermeiras esclareceram os alunos sobre as suas dívidas e fizeram demonstrações sobre a forma como se devem escovar e limpar os dentes.
A adesão e interesse manifestado pelos alunos e professores foi grande, saindo reforçada a  qualidade da informação sobre saúde oral, assim como o estabelecimento de parcerias entre a escola e Ministério da Saúde.



07/06/2013

Apresentação de E-book na biblioteca da ESJM

Às 10:30 da manhã do dia 5 de junho os alunos das turmas A, B e F do 9º ano, acompanhados dos respetivos professores de TIC, Português e diretores de turma, apresentaram o livro em que compilaram os seus textos, poemas e reflexões. Chamaram-lhe "E-Book" porque esse foi o formato escolhido para a sua publicação, mas gentilmente ofereceram um exemplar impresso à biblioteca escolar, possibilitando a cada um optar pela forma de leitura preferida. Parabéns ao alunos e professores envolvidos neste projeto!

Reportagem fotográfica da apresentação:






"E-book":

06/06/2013

"Conta-nos uma história!" Podcast na Educação

Foram divulgados os resultados da iniciativa “Conta-nos uma história!" Podcast na Educação, promovida pelo Ministério da Educação e Ciência (MEC), através da Direção-Geral da Educação (DGE), do Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares (RBE) e do Plano Nacional de Leitura (PNL) e em parceria com a Microsoft.
Ao todo,  concorreram  335 histórias a nível nacional  entre as quais 4 do nosso Agrupamento.  
Parabéns a todos os nossos alunos e professores pela participação e empenho  na elaboração das suas histórias. 
Nem sempre podemos vencer, mas ao participar ficamos mais ricos e adquirimos mais conhecimento. 
Os trabalhos apresentados podem ser ouvidos clicando nos Podcast abaixo introduzidos.

Escola Básica1 de Bustelo 







 Escola Básica de Santa Cruz Trindade - Turma 2º B 








Os resultados finais do concurso podem ser consultados aqui

05/06/2013

Top + Leituras e Leitores


1º ciclo :
Francisco Tuna de Sousa Santos Costa - 2ºA
2º ciclo:
Beatriz Rodrigues Monteiro- 6ºI
3º ciclo:
Tânia Catarina Martins – 7ºF
Secundário:
Ana Sofia Fernandes – 10ºC




TOP+ LEITURAS

EB Santa Cruz Trindade:
Celestino o Rato da Biblioteca – José Vaz
Graças e Desgraças da Corte El- Rei Tadinho – Alice Vieira
Coisas de Mãe – Sílvia Alves

EB Nadir Afonso:
Coleção Uma Aventura de Ana Maria Magalhães| Isabel Alçada
O diário de um banana -Jeff Kinney
Romance do 25 de Abril - João Pedro Mésseder

ES Júlio Martins:
O Diário de um banana 4 – Jeff Kinney
A Vida de Pi – Yann Martel
As Crónicas de SpiderWick  - Tony Diterlizzi e Holly Black


04/06/2013

Exposições na biblioteca e no espaço-arte da ESJM

Decorrem até ao fim desta semana as seguintes exposições:

Na biblioteca:
Trabalhos dos alunos de Educação Tecnológica do 7ºA "Caixinha dos segredos" e 7ºG Pergamano


No espaço-arte:
Trabalhos dos alunos de Francês do 7ºB "Le Français c'est cool!!"



Trabalhos dos alunos de Filosofia dos 11º B e E "Temas/Problemas da cultura científico-tecnológica"



Trabalhos dos alunos de Psicologia do 12º B "Isto é cultura"


03/06/2013

Autor de junho

Mia Couto, que acabou de receber o Prémio Camões 2012, nasceu a 5 de Julho de 1955 na cidade da Beira em Moçambique. Filho de uma família de emigrantes portugueses, Mia Couto publicou os seus primeiros poemas no jornal Notícias da Beira, com 14 anos. Iniciava assim o seu percurso literário dentro de uma área específica da literatura – a poesia – mas posteriormente viria também a escrever prosa.
Formou-se em biologia, na área de ecologia, na Universidade de Eduardo Mondlane, sendo atualmente professor da cadeira de Ecologia em diversas faculdades desta universidade.
Mia Couto é um "escritor da terra", escreve e descreve as próprias raízes do mundo, explorando a própria natureza humana na sua relação umbilical com a terra. A sua linguagem extremamente rica e muito fértil em neologismos, confere-lhe um atributo de singular perceção e interpretação da beleza interna das coisas. Cada palavra inventada como que adivinha a secreta natureza daquilo a que se refere, entende-se como se nenhuma outra pudesse ter sido utilizada em seu lugar. Mia Couto é um excelente contador de histórias. É o único escritor africano que é membro da Academia Brasileira de Letras, é o autor moçambicano mais traduzido e divulgado no exterior e um dos autores estrangeiros mais vendidos em Portugal.
 O seu romance Terra sonâmbula foi considerado um dos dez melhores livros africanos do século XX.

Fonte: mozindico. Outras informações e atualizações foram incorporadas ao texto original.  

Algumas das obras publicadas:
 “Mar me quer”
 “A chuva pasmada”
 “O último voo do flamingo”
"Jerusalém"
“ A confissão da leoa”


Moçambique, década de 1990. Numa terra devastada pela guerra, um menino sem memória é encontrado por um velho errante.
Muidinga e Tuahir, ambos marcados por conflitos que não entendem, desprovidos de passado e de esperança. Unidos, fazem de um machimbombo incendiado a sua casa, e de um diário, encontrado junto de um cadáver, a sua demanda. Nas linhas do caderno, Muidinga acredita ter um mapa que o levará de volta à sua mãe. Nessa busca, o insólito par descobre-se, reinventa-se, enfrenta a insanidade e a miséria que grassam em seu redor, e recusa deixar morrer o alento. Tal como a terra que percorrem sem destino, uma terra que nunca dorme, nunca descansa, uma terra sonâmbula. 
Já adaptado ao cinema, Terra Sonâmbula foi considerado um dos doze melhores romances do século XX em África. Cruza elementos da cultura tradicional moçambicana com a própria história do país, realismo e magia, factos e símbolos, Terra Sonâmbulaé, acima de tudo, um hino ao poder dos sonhos e da vida.

www.wook.pt

01/06/2013

Poema de junho

O Amor, Meu Amor 

Nosso amor é impuro 
como impura é a luz e a água 
e tudo quanto nasce 
e vive além do tempo. 

Minhas pernas são água, 
as tuas são luz 
e dão a volta ao universo 
quando se enlaçam 
até se tornarem deserto e escuro. 
E eu sofro de te abraçar 
depois de te abraçar para não sofrer. 

E toco-te 
para deixares de ter corpo 
e o meu corpo nasce 
quando se extingue no teu. 

E respiro em ti 
para me sufocar 
e espreito em tua claridade 
para me cegar, 
meu Sol vertido em Lua, 
minha noite alvorecida. 


Tu me bebes 
e eu me converto na tua sede. 
Meus lábios mordem, 
meus dentes beijam, 
minha pele te veste 
e ficas ainda mais despida. 


Pudesse eu ser tu 
E em tua saudade ser a minha própria espera. 

Mas eu deito-me em teu leito 
Quando apenas queria dormir em ti. 

E sonho-te 
Quando ansiava ser um sonho teu. 

E levito, voo de semente, 
para em mim mesmo te plantar 
menos que flor: simples perfume, 
lembrança de pétala sem chão onde tombar. 

Teus olhos inundando os meus 
e a minha vida, já sem leito, 
vai galgando margens 
até tudo ser mar. 
Esse mar que só há depois do mar. 


Mia Couto
in "idades cidades divindades", Editora Caminho, 2007